FCDL encaminha ao Governador de SC ofício solicitando apoio aos 44 mil associados das 210 CDLs

18 de Março de 2020

A Federação Catarinense dos Dirigentes Lojistas (FCDL), diante do impacto na economia provocado pelo Coronavírus, e pelos dias em que o comércio ficará com as portas fechadas em forma de colaboração numa tentativa de frear o avanço da pandemia no Estado, encaminhou um ofício nesta quarta-feira (18) ao Governador Carlos Moisés. No documento assinado pelo presidente Ivan Tauffer, a FCDL diz reconhecer a importância das medidas tomadas através do decreto, e solicita apoio do Governo aos 44 mil associados das 210 CDLs de SC, no sentido de adotar ações para minimizar as perdas e auxiliar na recuperação do comércio. O ofício pede a postergação e parcelamento do ICMS e SIMPLES (parcela estadual) cujos vencimentos se operam em março e abril, para que sejam diluídos nos próximos seis meses.Também é solicitado linha de crédito com juro zero para recuperação da saúde financeira das empresas.

Por Marcelo Santos.

Outras Notícias

Governo anuncia R$ 40 bi para financiar salário do trabalhador de pequenas e médias empresas 27/03/2020 Governo anuncia plano de retomada de atividades econômicas em Santa Catarina 26/03/2020 Liberado “Delivery” para todas as atividades do comércio 26/03/2020